ANÁLISE DA VIOLÊNCIA EM ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS DE BAIRROS DE CLASSES SOCIAIS A, B, C NO MUNICÍPIO DE SÃO LEOPOLDO, RS

Difundindo ideais para transformar o mundo!

ANÁLISE DA VIOLÊNCIA EM ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS DE BAIRROS DE CLASSES SOCIAIS A, B, C NO MUNICÍPIO DE SÃO LEOPOLDO, RS

Diante de uma sociedade juvenilizada, em que os valores e atitudes éticas vêm se perdendo a cada dia, a escola tende a assumir cada vez mais papéis. Instruir, orientar e formar crianças e jovens a viver e trabalhar em um mundo diversificado e em constante mudança sempre foram suas principais funções. No entanto, estas vêm sendo ofuscadas pelos diversos tipos de violência ocorrentes nesses locais. Diante desse problema, estudos relacionados ao tema são importantes para apurar eventos e promover a sensibilização da comunidade escolar, de famílias e de entidades diversas. Com esse intuito desenvolveu-se o presente trabalho, o qual busca analisar, através de dados estatísticos, a relação existente entre violência e classe social em determinadas escolas da rede de ensino pertencentes ao município de São Leopoldo, RS. O estudo procurou verificar também a incidência de alunos vítimas do bullying e a percepção da comunidade frente à segurança pública. Os dados foram coletados a partir de um questionário pré-elaborado aplicado em turmas de terceiro ano do ensino médio pertencentes a seis escolas da rede municipal, entre elas quatro públicas e duas privadas. Foram escolhidas duas instituições por bairro, nas diferentes classes sociais (A, B e C). A análise indicou que a violência e o preconceito sofrido por alunos (bullying) estão presentes em todas as escolas da rede de ensino público e privado no município, independentemente da classe social na qual estão inseridas.

Texto completo em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/caduc/article/view/4657/3502

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *